01/08/13 | Saúde

Meu coração bate feliz quando te bebo!

Enquanto escrevo esse artigo, conto as horas para minha consulta com o cardiologista. Como sempre, ele tentará me convencer a parar de beber cerveja e fazer uma dieta para redução de colesterol e afins. Mas hoje quem ganha a discussão sou eu, já que foi provado que a cerveja é um santo remédio na prevenção de problemas cardíacos.

Durante a pesquisa, vários porquinhos foram separados em diferentes grupos e alimentados numa dieta de alto colesterol. Cada grupo recebia uma porção diferente de cerveja, que poderia ser nenhuma, cerveja sem álcool, dose baixa (12g de álcool / dia) ou dose moderada (25g de álcool / dia) de cerveja, sendo que a última deve ter sido o melhor bacon de todos os tempos.

Depois do período de 10 dias, os porquinhos sofriam o mesmo tratamento degradante que muitos cervejeiros sofrem: foram mandados a uma academia de ginástica. Com o ataque cardíaco induzido, os porquinhos foram analisados em uma série de parâmetros para ver o impacto da pesada dieta.

Aqueles porcos que consumiam cerveja tiveram dano menor que o grupo de controle, além de favorecer a reparação do coração e ter um aumento da performance cardíaca durante os eventos.

E você achando que precisava de desculpa pra beber cerveja…

Via NCBI