07/02/14 | Curiosidades

Língua eletrônica ameaça trabalho de Sommeliers

Um grupo de cientistas da Universidade Autônoma de Barcelona, na Espanha (ou Catalunha, se você for separatista), criou uma língua eletrônica capaz de identificar diferentes tipos de cerveja com uma precisão de até 82%.

lingua-eletronica-sommelier

O novo equipamento utiliza um conjunto de sensores que reagem a cada componente da cerveja, conseguindo identificar cervejas nos estilos “schwarzbier, lager, doble malta, pils, alsaciana e sem álcool”. Com o aumento de precisão e mais aprendizado, mais estilos poderão ser adicionados a esse rol.

Isso me lembrou os idos de 1997, quando campeão enxadrista Garry Kasparov enfrentou o computador Deep Blue, perdendo a segunda de um par de partidas. Como seria a classificação dessa língua em um campeonato mundial de sommeliers?

Via Exame