06/03/14 | Economia e Mercado

Brewers Association revisa a definição de Cerveja Artesanal

Enquanto você se aquecia para iniciar a folia de Carnaval, o grupo de diretores da Brewers Association, entidade representativa das cervejarias artesanais norte americanas, se reuniu para, entre outras coisas, revisar sua famosa definição sobre o que caracteriza uma cervejaria artesanal.

brewers-association-diretoria

A definição de cervejaria artesanal se baseia em três princípios, onde as cervejarias devem ser pequenas, independentes e tradicionais. Mantendo esses princípios, o entendimento de cada um varia a cada revisão. Um exemplo foi em 2010, quando o conceito de pequeno aumento de “2 milhões de barris por ano ou menos” para “6 milhões de barris por ano ou menos”.

Esse ano, enquanto os outros conceitos tiveram apenas pequenas mudanças no linguajar, a principal mudança foi no conceito de tradicional, que ficou

“A brewer that has a majority of its total beverage alcohol volume in beers whose flavor derives from traditional or innovative brewing ingredients and their fermentation. Flavored malt beverages (FMBs) are not considered beers.”.

Com essa nova definição, cervejarias que utilizam adjuntos na formulação de seus produtos também passam a ser reconhecidas como cervejarias artesanais. O principal motivador para isso foi o reconhecimento de que as cervejarias sempre produziram com o que estivesse a mão. Além disso, abre espaço para as cervejarias do grupo inovarem com insumos até então vetados.

Fonte Beer Pulse