05/05/14 | Legislação

Procon exige que milho transgênico seja informado no rótulo da cerveja

Depois do barulho causado pelo suporto uso de milho transgênico nas standard lagers brasileiras, o Procon do Rio de Janeiro autuou diversas cervejarias que, em seus rótulos, não descrevem claramente quais ingredientes são usados nas cervejas. Ambev, Kaiser, Brasil Kirin e a Cervejaria Petrópolis estão entre as autuadas.

cerveja-de-milho

Além da omissão aos ingredientes, que são declarados como “cereais não maltados”, a entidade se baseia no Decreto 4680/2003, que obriga os alimentos que fazem uso de transgênicos a informar isso em seus rótulos. Entre as exigências também está a informação dos percentuais de cada ingrediente, já que o uso do milho pode chegar a 45% da receita.

As cervejarias têm até hoje para apresentar as propostas de rótulo ao Procon, que avaliará se eles atendem aos requisitos da lei. As cervejas impactadas pela autuação foram Antarctica, Brahma, Skol, Caracu, Nova Schin, Kaiser e Crystal.

Fonte: Extra