11/11/16 | Eventos

Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2016 anuncia os 15 finalistas

As cervejas finalistas da 7ª edição foram escolhidas entre mais de mil inscritas. O estilo escolhido é o Altbier, escolha comemorativa aos 500 anos da lei da pureza Alemã – A Reinheitsgebot

Desde 2007, o concurso Mestre Cervejeiro Eisenbanh vem consagrando novos talentos e reiterando seu posicionamento de valorizar e democratizar a cerveja especial brasileira. E agora, na sua 7ª edição, a mais tradicional competição do setor anuncia os 15 finalistas da edição 2016.

Fabert Araujo e André Canuto produzem a cerveja vencedora do Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2013

Fabert Araujo e André Canuto produzem a cerveja vencedora do Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2013

Foram recebidas mil inscrições, vindas de diversas regiões brasileiras, o que reforça a abrangência em território nacional da competição promovida pela Eisenbahn, marca de cerveja especial pertencente a Brasil Kirin. Cada um desenvolveu uma receita diferente, dentro dos três principais ingredientes determinados pela lei Reinheitsgebot – água, malte e lúpulo. E como o próprio portfólio da Eisenbahn apresenta estilos que seguem a lei da pureza como a Pilsen, Pale Ale, Strong Golden Ale, Weizenbier, Weizenbock, Kölsch, Eisenbahn 5, Dunkel, e Oktoberfest, todos serviram como fontes de inspiração para os participantes.

Confira a lista dos 15 finalistas em ordem alfabética:

  • Adriano Sachweh – Santa Catarina
  • Alexsander Simões – Paraná
  • Carlos Eduardo Costa Vanini – Minas Gerais
  • Carlos Heinz Stahnke – Rio Grande do Sul
  • Carlos Henrique Pessoa de Menezes e Silva – Espírito Santo
  • Diego Silva dos Santos – Rio de Janeiro
  • Gabriel Campana Loureiro – Bahia
  • Lúcio Rogerio Botelho – Rio de Janeiro
  • Marco Antonio Valle Agostini – Pernambuco
  • Márcio Ribeiro Gonsalves – Minas Gerais
  • Marcus Vinicius Iatslv – Paraná
  • Rafael Dornelas Coradini – Rio Grande do Sul
  • Reginaldo Fernando Ravelli – São Paulo
  • Ricardo de Almeida Lima – Paraná
  • Vinicius Grigolo – Paraná

O julgamento das amostras foi realizado por um time de profissionais ligados à área como jornalistas, mestres e especialistas cervejeiros, comerciantes do segmento, entre outros que foram convidados a compor o júri. Todos os líquidos foram avaliados em degustação às cegas e nenhum juiz teve ou tem acesso às informações referentes ao autor da cerveja.

Em 2017, o concurso revelará a receita vencedora, que será produzida pela Eisenbahn como edição limitada e distribuída pelo país trazendo grande visibilidade para seu criador.