04/07/17 | Homebrewing

Está com preguiça? Escolhemos 5 cervejarias automáticas para produzir cerveja em casa

Produzir cerveja em casa não dá muito trabalho. Se trata mais de um exercício de paciência enquanto as leveduras trabalham na fermentação dos açúcares. Ainda assim, há quem não queira o trabalho de moer os grãos e cuidar do processo. Querem uma espécie de Nespresso para produção de cerveja. Conseguiram!

Diversas iniciativas existem com máquinas de produção automática de cerveja. Listamos abaixo, seis dessas máquinas, cada uma com suas características. Muitas ainda não estão disponíveis no Brasil, então o melhor é pedir para um amigo que está viajando para o exterior trazer.

Minibrew

A Minibrew viralizou nas redes sociais há algum tempo. Controlada por um celular, é composto de um reservatório para os grãos e um barril chamado Smartkeg. O Smartkeg possui um sistema de controle de temperatura que permite realizar a fermentação ali mesmo.

Controlada pelo celular, ele permite que sejam produzidos aproximadamente 3 litros de cerveja, através do aplicativo. O mesmo aplicativo ainda permite que o usuário faça compra de insumos para a produção. Também ajuste parâmetros do processo, como o momento de adição de lúpulo. Acompanhar a fermentação é outro recurso disponível.

A Minibrew custa cerca de US$1000 e foi financiada com sucesso no Indiegogo. Quem tiver interesse, ainda pode pedir mais máquinas, com desconto se comprada pelo site da campanha.

Brewie

A Brewie é uma máquina mais parruda, com capacidade de produção de até 20 litros de cerveja por lote. Segundo o fabricante, basta você adicionar os ingredientes, que a máquina se encarrega de controlar o processo até o resfriamento do mosto, ao final da produção.

Usando uma série de sensores e hopbags de metal, a máquina realiza o cálculo de volume de água necessário, realiza a recirculação do mosto e até controla a fervura, sem que o lúpulo contribua para a formação do trub. Após o processo, o usuário deve drenar o mosto clarificado para o fermentador e então seguir com o processo.

A Brewie custa 2000 dólares no próprio site, que também vende kits de receitas para quem quer se acostumar com a máquina antes de se aventurar nos Estados Unidos.

iGulu

Talvez a máquina de produzir cerveja que tenha alcançado o maior sucesso em financiamentos coletivos. A iGulu conseguiu agintir sete vezes o valor pedido de financiamento no Indiegogo, chegando a mais de um milhão de dólares arrecadados em junho de 2016.

Diferente das outras máquinas, a iGulu também funciona como uma chopeira, fazendo com que você pode consumir a cerveja direto do minikeg onde ocorre a fermentação. A produção de cerveja é escolhida pelo painel da máquina, mas pode ser configurada por um aplicativo de celular, que escolhe o processo usado para suas próprias receitas. Após adicionar os ingredientes, a máquina faz todo o processo até o serviço de chope.

Com previsão de entrega para outubro deste ano, a máquina é composta de um minikeg de cinco litros e uma central que realiza toda a produção. O kit custa 700 dólares, com frete de 80 dólares para o Brasil. Impostos não estão inclusos.

Picobrew

A Pico C, máquina compacta da Picobrew, também foi lançada através de um financiamento coletivo. Conseguiram, pelo Kickstarter, arrecadar quase 2 milhões de dólares. Essa versão da máquina produz 5 litros de cerveja através de kits chamados PicoPaks, com receitas elaboradas por grandes cervejarias.

Cervejaria Picobrew

Através de um botão na tela do aparelho, é possível ajustar o amargor e a potência da cerveja sendo produzida. A máquina também conta com um conjunto de acessórios para controlar fermentação, realizar dry hopping, entre outras atividades do processo de produção da cerveja.

A Pico C foi lançada a 350 dólares na campanha, com frete para todo o mundo. Atualmente o produto pode ser comprado na loja virtual de sua fabricante a 800 dólares.

Brewbot

É a máquina que menos de parece uma cervejaria. A Brewbot mais parece um móvel que um equipamento para produção de cerveja. Conseguiu o financiamento de 115 mil libras pelo Kickstarter, com cada máquina custando aproximadamente 4 mil libras, cerca de 17 mil reais.

Cervejaria Brewbot

Funcionando de forma semi automática, a Brewbot envia alertas para o celular do cervejeiro atuar nas etapas onde é necessário. De resto, a máquina funciona por conta própria, circulando o mosto ou controlando a temperatura. A adição de ingredientes, diferente de outros equipamentos, é manual.

A produção também é realizada através de kits de receitas elaboradas por grandes cervejarias. Russian River e Brooklyn estão entre as cervejarias que participam do projeto.