09/08/17 | Homebrewing

Um termocirculador pode garantir o controle de temperatura que sua brassagem precisa

O controle de temperatura na brassagem é um dos principais fatores de sucesso na produção de uma boa cerveja. Para melhorar seu controle, já pensou em usar um termocirculador?

Termocirculador aquecendo mosto com lúpulo em caixa térmica.

O equipamento, conhecido na cozinha pelo uso na técnica sous vide, ajuda cozinheiros a manter o controle de temperatura por longos períodos. Exatamente o que queremos na cerveja!

O erro na temperatura pode ser fatal para sua cerveja

Errar a temperatura por poucos graus pode mudar completamente o corpo de uma cerveja e com isso o resultado esperado. A vantagem do equipamento é combinar uma resistência para aquecimento do mosto com uma ventoinha que permite a recirculação e uma temperatura homogênea.

Um cuidado que cervejeiros devem tomar é sempre proteger os grãos com um grain bag ou outro reservatório. Assim os grãos não entram em contato com a resistência, protegendo o termocirculador.

Vantagens em relação a equipamentos automáticos

O primeiro ponto que me chama a atenção é que você não vai precisar de uma panela de brassagem. O circulador pode ser usado em uma caixa térmica, desde que esta suporte a temperatura e não libere substâncias no mosto quente.

Outra vantagem é o investimento necessário. Apesar de lojas brasileiras não trabalharem com esse equipamento, o Mercado Livre e até o nosso amigo AliExpress possuem o circulador com preços a partir de 800 reais. Nada mal, comparado a uma panela elétrica que pode superar os 5000 reais.

O vídeo abaixo mostra o processo de produção combinando o Brew in a Bag com o termocirculador.

Via Anova