19/04/17 | Economia e Mercado

Tasting Rooms ajudam as cervejarias a crescer até quatro vezes mais

Segundo pesquisa realizada pela Brewers Association, as cervejarias americanas que possuem tasting room tiveram um crescimento em 2016 maior que aquelas que não possuem a loja em anexo, ou não confirmaram ter. Diferença chega a um crescimento 4 vezes maior, dependendo do segmento de mercado analisado.

Bar de fábrica da Cervejaria Bierland, em Blumenau/SC.

Para verificar o crescimento, as cervejarias foram divididas em dois grupos, de acordo com o volume de produção. Em cada um desses grupos, as cervejarias foram dividades entre as que possuem tasting room e aquelas que não. No segmento de 1500bbl a 4999bbl, foi registrado um crescimento médio de 18.8%, nas cervejarias sem tasting room, contra 33,7% nas que possuem tasting room. Já no segmento de 5000bbl a 14999bbl, os crescimentos foram de 3,9% e 11,6% nas diferentes categorias.

Bart Watson, economista chefe da BA aponta dois cuidados ao analisar esses números. Primeiro, que as fontes de dados são limitadas e podem estar enviezadas, levando a uma falsa conclusão. Outro problema é chamado de causalidade reserva, quando a abertura do tasting room é conclusão do crescimento da cervejaria, não o contr19ário. As explicações dos dados e dos problemas da análise estão disponíveis no site da BA.

* 1bbl = 117 litros

Fonte: Brewers Association