17/04/17 | Cervejas e Comidas

Sour Framboesa: Cervejarias Landel e Júpiter e fazenda orgânica criam cerveja com frutas silvestres

A união das cervejarias Landel e Júpiter com a Fazenda Silvestre, produtora de frutas silvestres orgânicas do sul de Minas Gerais, resultou em uma bebida surpreendente: a Sour Framboesa.

Envasada em latas de 473 ml, em um lote de apenas 1800 unidades, a cerveja colaborativa foi lançada na terça, dia 11 de abril. Em Campinas, já está a venda em alguns estabelecimentos do setor.

Trata-se de uma cerveja agradavelmente ácida e refrescante, feita no método Kettle Sour de acidificação do mosto. “Fizemos um starter a partir da microbiota do malte, o que deu uma acidificação muito interessante com boa complexidade.” explica Marcelo Lima, mestre cervejeiro da Landel. “E respeitamos o tempo da cerveja, ficou 35 dias maturando. Isso garante uma cerveja redonda. O aroma e sabor da framboesa aparecem bem intensos, com notas de frutas vermelhas, pitanga e muito frescor”, completa.

O criador da Júpiter, David Michelsohn, conta como surgiu a parceria: “Essa cerveja nasceu no balcão do bar, numa conversa sobre fermentações fora do comum. Conheci o Fabio (idealizador da Fazenda Silvestre) uma noite tomando chope e em dois minutos estávamos falando de leveduras exóticas e bebidas obscuras. Depois descobri que ele produzia frutas silvestres incríveis e a ideia de fazer uma cerveja juntos meio que surgiu sozinha”.

A Fazenda Silvestre fica em Sapucaí Mirim, divisa de Minas Gerais e São Paulo. Seu microclima temperado de altitude cria um terroir perfeito para produzir variedades de frutas silvestres de sabor estruturado e complexo. O uso de técnicas de manejo de baixo impacto ambiental garantiu o selo orgânico em 2011. “Produzir uma cerveja em parceria com a Júpiter, de quem sou fã, foi um processo incrível. Fiquei muito feliz de ver uma cerveja dessa qualidade associada a uma produção rural e orgânica.” diz Fabio Menna, idealizador da Fazenda Silvestre.